22 de abril de 2015

Menú da semana:

 
2ª-feira - Sopa de feijão à lavrador
3ª-feira - Bifes de vaca com molho de whisky, esparguete e salada
4ª-feira - Arroz de feijão com pasteis de bacalhau e salada
5ª feira - Esparguete de frango com cenoura
6ª feira - Filetes de pescada com arroz de tomate e salada
Sábado - Pá de porco assada com batatinhas e salada
             - Lanche ajantarado
Domingo - Feijoada de feijão preto com arroz branco e couve mineira
                - Wrap's de atum

10 de abril de 2015

Bom fim-de-semana!

E aproveitem para descansar, relaxar, namorar e limpar eheheheh!
:D

 

1 de outubro de 2014

Na luta!

Desculpem não ter vindo cá antes, mas estivemos nas passeatas!
Mas por estas bandas, a alimentação anda controlada e saudável. Bróculos, saladas e mais peixinho, têm sido as palavras de ordem.
Fico feliz por ver que algumas de vocês também aderiram à luta! Pode não ser muito, mas desde a semana passada, 600 gramas já foram dar uma volta ao bilhar grande.
E vocês?

24 de setembro de 2014

Obrigadaaaaaaaaaaaaaa!

Obrigada a todas, pelas palavras e sugestões acerca da dieta. Tenho a certeza que aqueles quilos a mais que teimam em não desaparecer do vosso corpo, também já têm os dias contados. Até já nos estou a imaginar, todas frescas e fofas e preparadas para a guerra:


E quem quiser ir à luta contra a gordura e falta de saúde comigo, já sabe que tem aqui um blogue à disposição!

23 de setembro de 2014

Só depende de mim, certo?

Desde os 20 e poucos anos, que me debato com excesso de peso. Quando tinha uns 12 anos era um bocadinho gordinha, mas depois dei um "pulo" e a gordura foi para os sítios certos!
Nunca fui magriiiiinha, mas era magra e como andava sempre de um lado para o outro, por mais que comesse, gastava a energia toda.
Como sabemos, a idade vai avançando e hoje com 36 anos não perco peso tão facilmente como perdia há 10 anos atrás. E quando se gosta de comer, ainda pior...
Para mim a comida é um vício. Tenho alturas em que me apetece comer este mundo e o outro. E tenho a certeza que não sou a única. Muitas mulheres sofrem com o mesmo, principalmente em situações mais difíceis da vida ou em determinadas alturas do mês, am I right, ladies?
E como todos os vícios, se não formos mais fortes do que ele, pode matar-nos e a comida não é exceção.
Há cerca de 6 anos, consegui perder 15kg em 7 meses. E como?
Controlando a minha alimentação. Cortei os doces (a minha maior perdição), os molhos, comi mais coisas cozidas e grelhadas e menos fritos, metade dos meus pratos eram sempre compostos por salada ou legumes, comia de 3h em 3h e bebia 1.5lt de chá verde + 1.5lt de água por dia... E além disso, andava muito a pé, o que também me faz bem à coluna.
Pequenas grandes mudanças, que fizeram com que passasse de 80kg para 65kg sem comprimidos.
E fiquei tão orgulhosa de mim!
Mas infelizmente, não fiz o mais importante: não eduquei o meu estômago. Quando me vi com o peso que queria, pensei "agora posso comer o que quiser, porque já não estou gorda".
WRONG!!!!
Resultado: em 2 anos, estava outra vez com excesso de peso e a aumentar ainda mais. Quem tem tendência para engordar e o vício de comer demais, tem de ter a mesma atitude de alguém com o vício do álcool, da droga, do que quer que seja: cortar de vez com aquilo que nos mata.
É óbvio, que não estou a dizer que agora vou deixar de comer. Então assim é que morro mesmo!
Não, mas vou voltar a fazer aquilo que fiz e que foi o ideal para mim. Com a diferença que desta vez, vou educar o meu organismo e não vou voltar a cair outra vez no mesmo erro.
De momento estou com quase 85kg e sinto no meu corpo que este peso tem mesmo de sair de uma vez por todas.
Dores na coluna, nas articulações, no estômago, dificuldades em respirar, cansaço, suor em excesso... E não tenho idade para ter estas coisas todas.
Sei que posso e devo fazer uma dieta a sério. Como fiz. Sem pressas (afinal, não engordei 20 kg em 2 dias e não posso querer emagrecer 20kg em 2 meses) e com cabecinha.
E agradeço a Deus todos os dias, por ter ao meu lado um marido que me apoia em tudo mas que também sabe chamar-me à realidade quando é preciso. :)
E além disso, o peso em excesso que ele tinha já o perdeu. Só falto eu... E tenho de meter na minha cabecinha, que se não tomar juízo, daqui a 15kg estou com 100kg. NO CAN DO.
Ah e pesagens, só à 2ª feira. Nada de andar a coscuvilhar o peso durante o resto da semana, Paula Alexandra. Tu livra-te!
Quando comecei este blogue, colocava aqui os menús diários e é isso que vou voltar a fazer. Além dos outros assuntos, a minha educação alimentar vai fazer parte deste diário.
Se alguém me quiser acompanhar nesta luta, está à vontade!
Uma caminhada diária de pelo menos 30 minutos, também vai fazer parte do programa. Ginásios já experimentei e até gostei, mas não faz parte dos meus planos.
E assim sendo, começo já pelo dia de hoje.
Wish me luck!

Pequeno-almoço:

* Café sem açúcar + 1 carcaça torrada com manteiga (estou à espera que acabe o pacote, para usar Planta sabor a manteiga)

Meio da manhã:

* 1 Pêra

Almoço:

* Sopa de espinafres + omelete com um restinho de peito de frango assado sem gorduras e peles + 1 café sem açúcar

Lanche 1:

* 1 Iogurte líquido + 1 maçã

Lanche 2:

* 1 Carcaça com manteiga e fiambre de perú + 1 café sem açúcar (vamos jantar depois das 21h por isso, tenho de comer alguma coisa)

Jantar:

* Entremeada grelhada com arroz de tomate e pimento e o resto da sopa (era para fazer salada mas sobrou um restinho de sopa)

E além disso, muito cházinho e aguinha pelo meio.

18 de setembro de 2014

Leonardo who?

I'm the king of the worl... armários da cozinha!

12 de setembro de 2014

É um avião? É um pássaro? É uma batata frita voadora? Não, é o fim-de-semana!

Desejo-vos um bom fim-de-semana e espero que aproveitem para descansar, namorar e relaxar que nós por aqui, vamos fazer o mesmo!
E se por acaso estiverem a trabalhar, que o fim-de-semana seja curtinho (só nesse caso, atenção).

10 de setembro de 2014

Bom dia!

Sei que está a chover e a trovejar e que neste momento, alguns de vocês me estão a mandar às urtigas porque estão de férias e queriam era ir para a praia, em vez de estarem a ler um post que vos deseja um bom dia acompanhado de uma chuvada. E trovoada.
Mas mesmo assim, BOM DIAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!
:D

12 de novembro de 2013

Olá! Outra vez...

Por estes lados, vai-se voltando à rotina, entrando em novas rotinas e vivendo o dia-a-dia.
Agora, finalmente, as coisas começam a entrar nos eixos e a vida volta a sorrir. E eu volto a escrever no blogue e nesses mundos lindos e maravilhosos, a que chamamos livros.
Sei que "desapareci" e um dia destes conto-vos a história toda, mas por agora, olá! Outra vez!